Bem Vindo

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

 
 Só eu posso julgar-me.
Eu sei o meu passado,
eu sei a razão das minhas escolhas,
eu sei o que tenho dentro.
Eu sei o quanto eu sofri,
eu sei como ser forte e frágil.
Eu e mais ninguém.

Sem comentários:

Enviar um comentário