Bem Vindo

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

 
 Prefiro ser anti-social do que falsa.
Desculpa aí mundo.
 
 Sou tão impulsiva e tão pé no chão...
sou tão mocinha e tão bandida...
sou tão menina e tão mulher...
Tão dona do meu nariz e tão insegura...
sou uma doce e estranha criatura!
 
 O melhor de mim é o que,
com a graça que me foi dada,
posso fazer cada dia,
fazendo assim meu dia e deixando,
pouquinho a pouquinho,
os rastos da minha história.
 
 Agradeço a todas as pessoas que me quiseram mal.
Aprendi, com elas, 
a perdoar e a precaver-me contra as intempéries 
do mundo.
 
 Esta noite eu quero renovar a minha alma
Quero despir o meu espírito das chagas da vida
Desprender-me de tudo o que me consome negativamente
Algum dia me foi dito que o destino não existe
Que somos nós os desenhistas do nosso futuro
Se assim o é,
usarei as cores mais vivas para
traçar as formas da minha história
Sem medo dos traços não-lineares,
vou começar o meu trabalho de olhos fechados
Fechados para o medo...
Abertos para a felicidade...
 
 Compreenda os meus olhos,
Pois eles dirão as verdades mais sinceras que há...
 
 Sou incomparável, 
indecifrável,
instável 
e indescritível,
por isso, sinceramente,
não perca seu tempo tentando enquadrar-me
em algum padrão que facilite o
seu entendimento a meu respeito...
sou para aqueles que ousam enxergar além,
para aqueles que percebem as peculiaridades
de alguém que quis fugir do óbvio.
 
 Nunca permita que digam que você é incapaz
e menos ainda acredite nisso.
Você é capaz sim!
Não importa o que digam,
você vai chegar lá!
Por isso levante a cabeça e 
mostre que você não veio ao mundo a passeio, 
brilhe, 
mostre o seu talento!
 
 O importante não é ganhar, 
é ter força o suficiente para chegar no final, 
cair e levantar, 
e nunca desistir.
 
 A minha cara é ter a mesma cara todos os dias.
 
 Não me julgue pela minha idade, pelo que 
penso ou acredito.
Simplesmente, não me julgue.
 
 Não me procure nas evidências.
Nem nas coisas fáceis.
Sou tão mais intensa.
Me escondo na delicadeza.
Na subtileza.
Atrás de um coração.
Eu só existo na
alma sensível,
de uma mulher
que você ainda não viu.
 
 Não é prudente abrir por demais as janelas,
isto porque não raras vezes a comodidade dos
espaços amplos possibilita a entrada 
( e a permanência) 
do indesejável.
 
 O caminho pode ser mudado a qualquer momento, 
basta não termos medo de sairmos da tal zona 
de conforto.
 
 A partir de hoje, 
estou cortando vínculos com tudo que possa gerar-me mágoas.
 
 Trago em mim belezas no sentir.
Posso ser um rio calmo e manso,
mas também posso ser um mar bravio.
Não peço licença e nem desculpa por existir.
Existo com a fortaleza interior infinita
e com traços de amor que deixo brotar
suavemente do coração.
Não gosto de tatuar culpas ou tristezas.
Aprendi com o tempo que só sou atingida
pelo que deixo me atingir,
por isso minha força mora em
minhas próprias entrelinhas.
O que é externo é também mutável,
só o que verdadeiramente me toca o coração
e faz brotar sentimentos que possam brindar com
minha  paz é que serão permanentes.
Gosto de ser solta e sentir o gostinho
de liberdade adoçando minha boca.
Se erro algum rabisco porque
não apontei direito meu lápis,
na linha seguinte já me perdoei pelo impasse e
recomeço com a mesma graça do princípio.
Carrego além da doçura a firmeza do que
quero e o que não quero para mim.
Já coleccionei por muito tempo pesos desnecessários,
já culpei outros por minhas próprias desilusões,
mas hoje sei que quem se desilude 
é porque se iludiu,
ninguém ilude ninguém, como diz um amigo:
as pessoas é que são iludíveis.
Hoje,
enxergo a realidade através dos meus próprios olhos
que são encantados por cada luminosidade 
que a vida me traz.
De vez em quando acontece de eu me deparar
com a janela que dá para dentro de mim entreaberta,
mas quando percebo que a corrente de ar diminuiu,
corro para deixá-la escancarada novamente,
para que esse ar possa estar
constantemente refrescando minha alma.
Hoje não sou eu quem vai atrás das borboletas,
são elas que vem bailando ao meu encontro.
Alguns chamam isso de magia,
eu apenas chamo de alegria,
que mora dentro de mim e
que gosto de espalhar todos os dias.
 
 Você vai cair, se machucar, se ferir,
ferir quem ama, perder quem ama também,
e isso não é novidade,
você sabe bem que não se foge das 
trivialidades da vida.
Seu grande trunfo,
e esse poucos sabem usar,
consiste em mostrar para si mesmo do que é capaz:
Levantar, sorrir e prosseguir.
 
 Aprenda a dar valor em você e
seguir sua vida sem olhar para trás.
As pessoas que hoje te julgam e criticam
não sabem nem a metade do que você passou
e passa e para se manter em pé.
Portanto, não perca seu tempo se explicando...
 
 Minhas sinceras palavras nunca serão minhas 
inimigas.
 
 A verdade é que conseguimos ser
maduras, sinceras, educadas e fabulosas
de uma maneira que ninguém percebe,
e de um modo que poucos entendem,
essas somos nós mulheres.
 
 Borboletas sempre voltam
e o seu jardim sou eu"
Acredito que tudo na nossa vida tem um propósito,
e por isso digo para sempre deixarem livre 
as borboletas,
e só cultivar o jardim, ou seja,
tudo o que for seu sempre voltará,
não importa o que aconteça.
 
 Não preciso testar meu poder de sedução
mantendo possíveis casos amorosos na Internet.
Não preciso de ninguém para me dizer
o quanto sou linda, gostosa e inteligente.
Para isso, 
tenho espelho, academia, papel e caneta.
Não preciso usar meu corpo 
ou muito menos minhas palavras 
para conquistar alguém.
Para isso, 
tenho sentimentos que falam por mim.
 
 Surpreenda se com as coisas mais simples da vida 
e sorria como uma inocente criança!
Perfume se com uma linda flor!
Viaje para realizar seus sonhos, 
batendo asas no infinito como uma linda borboleta!
 
 Caminhe em passos largos,
acredite sempre em você,
não confunda nostalgia com saudade;
nostalgia é algo que dói e
saudade sempre será algo memorável e fascinante .
Desligue-se do passado que não te impulsiona
e seja feliz.
 
 E mesmo naqueles momentos meio que sem saída,
onde nada parece fazer sentido,
acredite,
nossa alma sempre dá um jeito de sentir prazer,
de encontrar alguma forma de ficar em paz ...
e a gente acaba sempre encontrando uma saída!!!
 
 Tudo bem, eu sou mesmo um pouco aluada.
Sonho demais, penso demais, idealizo demais.
Mas, acredite:
eu sei manter os pés no chão.
 
 Antes acreditar em alguém, acredite em si mesmo,
antes de alguém, ame a si mesmo,
assim as coisas serão bem diferentes.
Amor-próprio sempre é bom.
 
 Quero encontrar em meus sorrisos diários, 
a alegria de viver.
 
 Aí vem a vida e te vira do avesso só para provar que 
a felicidade vem de dentro para fora.
 
 A cada dia, 
mesmo sem saber,
e sem querer,
estamos nos criando.
Ninguém pode nos dizer que será fácil.
O fácil pode ser desinteressante,
e merecemos ao menos alguma vez fazer,
querer, ser, o interessante, o audacioso,
apesar dessa incrível sensação
de fragilidade que nos acompanha.
 
 Escreva a letra musical da sua vida e acredite nela, 
mas lembre-se, 
a música será ouvida se você cantar.
 
 Sinta o prazer de viver,
Sinta a felicidade dentro de você,
A esperança existe, busque, acredite.
A força está dentro de você.
Quando se sentir sozinho olhe em direcção a lua,
lembre-se de que você nunca estará só.
Você comanda os seus pensamentos,
pense positivo,
a energia vem de dentro de você.
E nunca se esqueça de que é preciso acreditar.
Por isso, não deixe que o hoje seja apenas
mais um dia comum na sua vida.
Os seus sonhos podem sim se tornar verdade.
Só é necessário você acreditar e 
tudo pode se tornar realidade.
 
 Abra as asas
Voe o mais alto que puder
Acredite você pode ir ainda mais alto
Feche os olhos, imagine-se
Nunca olhe para baixo
De a mão ao céu
Alcance o universo, almeje o infinito
Trespasse as barreiras da realidade
e siga seu coração.
 
 Não importa o que as pessoas dizem.
Não importa quanto tempo isso leva.
Acredite em você mesmo.
E você vai voar alto.
E só importa o quão verdadeiro você é.
Confie em você mesmo e você vai voar alto.
E siga seu coração.
 
 Aprender a observar as manhãs que nasce é um bom
exercício para reflectir o quanto somos felizes.
Diariamente o Sol se mostra,
 as flores desabrocham,
os frutos amadurecem,
os pássaros cantam.
Espectáculo gratuito ofertado pelo Criador.
Vida que se movimenta.
Isso é o bastante para entender o quanto 
maravilhoso é viver.
 
 Uma das belezas da vida é o sorriso.
Não nos custa nenhum sacrifício 
e transborda felicidade no coração 
daquele que o recebe.
 
 Quando a solidão me persegue, 
a felicidade me liberta.
 
 Senti o inesperado exercitando o olhar
em suas diversas formas de ver,
porque sempre há chance de recomeços.
Reconstruir-se em um novo começo,
reinventando o antigo no novo.
Renovar-se em simplicidades,
re-tocando a vida.
Se endereçando de alegrias e
deixar fluir-se no compasso 
da dança vida.
 
 Seja uma pessoa que valoriza a essência,
não a aparência,
cultive os valores mais profundos
e não caia na tentação de se tornar
um "super" em um mundo de estrelas
sem brilho próprio.
 
 Não.
Não quero saber o que a vida quer de mim.

Não me importa.

Quero sim, é saber o quero eu quero da vida.

Isso, eu ainda não sei bem.

Mas o que importa é fazer o que desejo 
da minha vida.

E não o contrário.

Não quero ser a obra, quero ser o artista.

Quero pintar a minha vida ao meu estilo.

Deixar a minha marca impressa no tempo.

Ser o autor da minha história.

O compositor das músicas que se tornarão

trilha sonora desse meu enredo.

Vou ser o director dessa minha peça de teatro.

Dirigirei cada cena.

Comandarei cada ato.

Contornarei os imprevistos.

Improvisarei, caso necessário.

E no fim darei a essa história um belo final feliz!

Não quero mais saber de destino.

De agora em diante,

Eu, serei o meu destino