Bem Vindo

quinta-feira, 23 de junho de 2016

 
 Permito-me...
Me trancar
Me prender
Me ganhar
Me perder
Ser livre
Ser leve
Ser solta
Amar e deixar de amar
Ser adulta
Ser criança
Simplesmente ser eu
No meu mundo
Na minha fartura
Na minha escassez
Na minha beca
Ou na minha nudez
O mundo é cheio de máscaras
Preciso ser autêntica
Preciso ser eu
E isso faço perfeitamente.
 
 Quero a intensidade o momento,
e a riqueza do instante
Quero viver como o beija-flor
e me nutrir da beleza
Quero o perfume da vida
e me banhar de sol
Quero sorrir por sorrir
e dançar sem música
Quero abandonar correntes
e me livrar do inútil
Quero ignorar o futuro
E abandonar o passado
 Quero a paz do presente
e viver sem pressa
Quero o presente.
 
 Quero só ser feliz, 
combinei comigo de não desistir.
Quero só um abraço, 
combinei comigo de conseguir.
Quero só um beijo, 
combinei comigo de retribuir.
Quero só carinho, 
combinei comigo de dividir.
Quero só sorrir, 
combinei comigo de usufruir.
Quero só amor, 
combinei comigo de não desistir,
pois vou conseguir, vou retribuir,
 depois que dividir, vou usufruir e
nunca mais deixar partir!
 
 Quando estou com meu anjo, 
com suas asas da liberdade ele me faz voar para bem longe de 
toda dor que aflige minha alma...
 
 A vida é curta demais para alimentar o que não seja recíproco.
A gente deve valorizar quem nos valoriza.
A gente precisa se valorizar.
Não há nada mais precioso que o amor-próprio.
E as coisas só começam a fazer sentido quando você se ama.
Não que seja egoísmo, na verdade é questão de bom senso.


 
 Ninguém no mundo te conhecerá tão bem quanto você mesmo, 
por isso seja seu melhor amigo, 
não lute contra você, 
lute a seu favor.
 
 A vontade de ser eu todos os dias
é inevitável em mim,
buscar a mim mesmo e desfrutar do que sinto
sem ser dependente do que outro me ofereça
é mais que uma prioridade e querer encontrar 
o que alarga meu sorriso é meu objectivo mais inadiável.
Eu sou aquilo que ninguém consegue ser...
porque as minhas possibilidades me 
levam além do que quero e a minha fé além 
do que posso alcançar...
 
 Não sou aquela que desiste fácil mas, 
eu posso te garantir 
que já cansei de muita coisa.
Deixei de dar importância ao que não me faz bem.


 
 Sim, sou subtilmente sarcástica com os medíocres, 
a ponto deles não entenderem o sarcasmo e se 
passarem por bobos.
 
 Eu sou de todas as cores, de todos os sons,
de todas as dores, de todos os tons...
Sou água, terra, fogo e ar...
Sou a inércia e o caminhar...
Sou brisa, sou tempestade...
Sou mentira, sou verdade...
Sou lua minguante, sou lua cheia...
Sou pegadas na areia...
Sou a rosa e o espinho...
Sou afecto e sou carinho...
Sou sol, sou maresia...
Sou barulho, sou melodia...
Sou razão, sou sentimento...
Sou a eternidade e o momento...
Sou matéria, sou espírito...
Sou a doença e o antídoto...
Sou séria, sou anarquista...
Sou menina, sou mulher...
Sou o que me der na telha...
Sou o que você quiser...
Só não imutável, nem uma tediosa mesmice...
Eu não sou MAIS eu...
Eu sou apenas EU...
E mesmo assim, imperfeita, já me dou por satisfeita.


 
 Todo dia é dia de sorrir
Um novo dia sempre nos permite novas alegrias, 
sorria bondosa e calorosamente.
Veja as estrelas;
mesmo escondidas estão sempre a sorrir brilhantemente
pois a noite com todo seu brilho e esplendor 
nos permitirá paz.
 
 Eu sou selectiva e não abro mão do que julgo ser o 
melhor para mim.


 
 Respire fundo e comece a se despedir do que 
te faz sentir vazia,
dê as costas a tanto sofrimento vago e sem sentido.
Abra os braços, deixe coisas boas fluírem a teu favor.
Passar tanto tempo em busca da felicidade 
que quando está com ela nem ao menos sente.
Jogue fora tudo o que escreveu, 
manche novos cadernos.
Está começando uma nova chance de se preencher.
 
 Que nada, nem ninguém, roube o encantamento do jardim 
de nossa alma.
Nossa flor mais delicada:
seu sorriso.
 
 De uns tempos para cá, tenho-me preservado, 
tenho deixado de lado essa minha mania de 
transparecer meus sentimentos, 
sim eu tenho-me guardado, 
afinal só Deus me conhece por dentro e quer saber?
Estou muito bem!
 
 Sempre mantenha suas expectativas baixas:
assim, as decepções serão menores e as surpresas maiores.
 
 Não sou o que vês...sou o que sinto...
Sinto tanto, sinto muito...
Determinadas coisas me violentam...
Meus horizontes não cabem nessa verdade...
Sou inteira em minha divisão...
E o que me satisfaz está além
de sua vã filosofia...
Meu dia ... enfeito como posso...
Melodia ao longe...sou eu...
Saindo...caminhando...voando...
Adoro descobrir meu próprio jardim...
Sou uma borboleta enfim...


 
 Não se engane nunca com minha alegria...
Você não imagina quantas lágrimas sou capaz de esconder 
atrás de um sorriso...
 
 Talvez possamos um dia nos arrepender do que fizemos...
Mas o arrependimento é sinal de que não tivemos medo de tentar...
E daí se as coisas não deram certo como deveriam...
E daí se não era bem o que queríamos?
E nossa vida segue...
para tentarmos e errarmos muitas vezes...
Isso é viver e aprender.
 
 A cura dos sentimentos está no encontro de si mesmo.
Só assim haverá a chance de praticar 
o verdadeiro desapego e se tornar capaz de se 
perdoar verdadeiramente e perdoar ao próximo.


 
 Você tem todos os dias pela frente.
Você tem o sol, e o vento que balança seus cabelos 
e refresca seus sonhos.
Você tem sua história, que te trouxe até aqui.
E você veio em pé!
E mesmo com o coração cansado e a sua mente 
que te detona mais do que qualquer coisa real, 
você sobreviveu.
Agora é hora de viver!
Sorrir mais, (se) amar mais, sonhar ainda mais 
e realizar todos os dias.
Simplificar e acreditar no tal tempo que sempre 
colocou tudo no lugar para você.
Olhar para dentro e encontrar lá todas as respostas,
e toda a paz que mais ninguém pode te dar.
Deixar de se boicotar, e viver o agora, 
que é mais seu do que nunca, 
com toda a liberdade para buscar novos momentos lindos,
novas inspirações e começar a usar toda a força 
que os tombos da vida fizeram você ter.
É hora de parar de querer e SER.
Colorir seus dias e enfeitar os pequenos momentos, 
os fazendo eternos, ao menos nas lembranças.
Pinte de rosa seu amanhã, sendo feliz hoje.
 
 Sou patricinha?
Sou sim, gosto de me arrumar,
passar uma maquilhagem e confesso ser um pouco 
fresca para algumas coisas.
Mas o lado que ninguém conhecia de mim (uma pena) 
era o lado palhaça de ser, 
de falar besteira e de brincar igual um homenzinho na rua.
As pessoas gostam de julgar por aparências,
odeiam alguém só pelo que vêem por fora.
"Nossa que patricinha nojenta, fútil, antipática" 
(parece que esses adjectivos acompanham 
necessariamente o termo patricinha né?).
Eu não tenho problema com quem não gosta de mim,
mas quero que você não goste de mim 
depois de me conhecer,
depois de conversar comigo;
aí sim você tem todo direito de dizer:
"Nossa, que garota ridícula".
 
 De que adianta todas as belezas se você não se esforça 
para vê-las?
Abrace a vida com ternura e verá todas as delicadezas 
diante de seus olhos.
 
 O hábito de viver uma vida corrida as vezes nos cega.
É preciso atenção para enxergar as preciosidades da vida.
 
 Precisa-se cuidar que o silêncio seja mais sábio 
que as palavras...
o silêncio é o amigo que nunca ilude.
 
 Já não espero que a tempestade passe..
Aprendi a caminhar na chuva..!
 
 Na corrida que é a vida, 
não importa quem deu a largada primeiro:
o vencedor é e sempre será aquele que, 
apesar dos obstáculos, 
continuou de cabeça erguida e seguindo em frente.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

 
 Desapegue-se para o novo entrar.
A vida é boa demais.
Aceite-se.
Aceite a luz dos anjos.
Lá em cima de onde vem a protecção divina;
também vem amor, força, fortalecimento.
Vem o alimento para a alma.
Põe o coração para energizar.
 Deixe a vida acontecer.
Balance.
Não equilibre-se tanto.
Saia um pouco da rotina.
Pegue outra trilha. 
Vá por você.
Mostre generosidade para si mesmo.
Você merece um agrado.
Merece ter seu caminho recheado de bons aromas, 
boas passagens, boas pessoas.
Merece os melhores (ins)tantes.
Apenas viva o teu viver, e ponto.


 
 Não espere o momento perfeito,
α compαnhiα perfeitα,
α oportunidαde chegαr αté você.
Muitos só esperαm dα vidα e não sαbem como é 
bom fαzer αcontecer.
O momento é αgorα,
sejα você α suα melhor compαnhiα e α oportunidαde,
quαndo se tem vontαde,
é você quem fαz!


 
 Tenho buscado
uma serenidade que
até então,
eu desconhecia.
Tem coisas
que não posso mudar.
São o que são e,
se não aceito, basta
me afastar.
Construí em mim
um templo de Paz!
É o refúgio onde me sintonizo
com o céu!
Deixo a Luz do Amor entrar
e, em mim, multiplicar
tudo o que me faça sorrir.
A porta está aberta
para quem quiser entrar.
É preciso apenas que seja elo
(não de corrente que aprisiona)
para uma amizade eternizar!


 
 Em todas as idas e vindas, 
obscuramente eu sempre sabia:
embora tudo mude,
nada muda por que tudo permanece aqui dentro,
e fala comigo, e me segura no colo 
quando eu mesma não consigo sustentar.
E depois me solta de novo,
para que eu volte a andar pelos meus próprios pés.
A vida é mãe nem sempre carinhosa,
mas tem uma vara de condão especial:
o mistério com que embrulha todas as coisas,
 e algumas deixa invisíveis.


 
 Não me basta ser:
eu quero o transbordar de tudo,
o desassombro
que toda margem desconhece.
Não me basta morar:
quero ser habitado
por quem ao destino desobedece.
Não me basta viver:
quero a vida como febre,
o amor como lume e água.
No final, saberás:
o que se ama não regressa.
O que se vive
não começa.
E o sonho
nunca tem pressa.


 
 Não importa qual seja a sua tribo.
O que importa são os valores que você carrega dentro de si.
Para se chegar a algum lugar é preciso respeito, 
sentimento de justiça e 
um coração disposto a dividir.


 
 Cace a liberdade que anda tão rara,
liberdade de pensamento, de atitudes,
vá ao encontro de tudo que não tem regras, 
patrulha, horários.
Cace o amanhã, o novo, 
o que ainda não foi contaminado por críticas, 
modismos, conceitos, 
vá atrás do que é surpreendente, 
o que se expande.
 
 Fica assim determinado para o dia de hoje:
Felicidade do começo ao fim!